Domingo, 27 de Março de 2011

sweet escape ♥

mais um raio de sol transforma o ébano dos teus cabelos num doce misto de prata e cetim negro .

o marfim da tua pele está , por fim , caloroso . não quente , mas agradável .

agrada-me estar consciente da nossa situação , mas , mesmo assim , conseguir perder-me nestes momentos . mais um bocadinho , e poderei dizer que estou rendida à tua beleza .

devagar , aproximo-me de ti . sei que esse meu sítio no teu peito está à minha espera . recosto-me , aproveito o sabor da tua pele , e esqueço a pressa da meia-noite , a aflição de sair sem ser notada , o erro inocente que cometi por ti .

palavras pairam em nosso redor , corajosas e , devo dizer , atrevidas : ninguém pode saber que estamos aqui . é segredo , tal como a inocência que teimo em esconder . imagino-nos no futuro , como uma criança que tenta desvendar os mais misteriosos sonhos na forma das nuvens .

sei que estás a sorrir secretamente . sinto-o no pulsar do teu corpo . gosto de pensar em ti como um mapa que já foi percorrido pelos meus olhos centenas de vezes , mas que , mesmo assim , me surpreende de dia para dia .

és confortavelmente meu , e não me arrependo de uma única coisa . fazes-me ser eu : uma das muitas pessoas do mundo , mas um pouco mais preenchida , mais sem-defeitos .

vale a pena . valeu a pena aquela fuga , que ainda assenta na minha língua como um marshmallow .

aqui ninguém nos procura . aqui ninguém nos encontra .

 

mais um raio de sol transforma o ébano dos teus cabelos num doce misto de prata e cetim negro .

mais um raio de sol nos funde num só , e nos beija a pele , libertando a sempre eterna promessa de um sweet surrender .

 

 

 

publicado por mariannecosta às 18:11
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Março de 2011

pára .

ardem-me as vias respiratórias .

respiro aceleradamente .

tento agarrar o tempo , ameaçá-lo , obrigá-lo a deixar-me viver .

o meu coração bate sem ritmo , e tão fortemente que quase sai pelo peito .

controla-te , mariana .

não . tenho medo .

 

no fundo , cada odeio-te escondia o irremediável amo-te , encerrava o desejo inflamável , ardente , de te ter .

 

com o teu cabelo escuro esfiapado por entre os dedos , suspiro , inspiro o ar quente que nos rodeia , e arranco de ti a maior declaração de amor .

pára .

 

 

publicado por mariannecosta às 17:41
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Março de 2011

adeus .

preciso mesmo disto ...

aqui vai .

 

  

"faria tudo por ti" .

as tuas próprias palavras acabaram por te esmagar . na verdade , fizeste tudo por mim . inclusivamente , magoaste-me . porém , esse veneno não foi o suficiente para acabar comigo . desta vez , neste jogo , ambos perdemos . bem , talvez tenha perdido mais do que tu .

não sei como ainda consigo amar-te . é algo que está fora da minha racionalidade .

 

hoje , ao ver-te a descer a rua , não sonhas o quanto queria dizer-te "estás perdoado" . pelos vistos , a consciência é mais forte do que o coração .

não consegui retribuir o teu "olá" . tentei desviar o olhar . sei que , por detrás dos ray ban , continuavas a ver-me , a SUPLICAR , num silêncio profundo, que voltássemos ao que éramos [nem as lentes escuras escondem o que já sabemos de cor].

 

mas acabou . acabou de vez .

ambos temos que aceitar isso .

gostaria de não te reconhecer pelo one million , desejava mesmo não ter de olhar para a traição , e daria tudo para te deixar ir , como tu fizeste comigo .

 

o que nos aconteceu ?

eras tão meu , v , desde aquele dezembro .

ainda penso que o és .

 

quero agarrar-te . vou ser presa se o fizer .

prezo demasiado a minha liberdade para isso .

às vezes , o adeus é mesmo a única solução .

portanto , despeço-me de ti , com a certeza de que nunca mais te verei .

 

não há promessas que me ajudem a caminhar pelos meus próprios pés .

muito brevemente , caminharás pelos teus .

espero que um dia me apanhes , porque já estou a cair .

(you put your arms around me, and i believe that it's easier for you to let me go.

i'm finally safe .)

 

publicado por mariannecosta às 19:15
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Março de 2011

amizade .

reflectir sobre o valor da amizade não é dos meus passatempos favoritos .

depois de horas e horas a meditar sobre este assunto , chego à conclusão que nada sou sem aqueles seres que me rodeiam . fico frustrada , porque a minha ânsia é ser independente , e dou por mim a precisar de outros bateres de coração . quer dizer , o meu não é suficiente para manter o meu organismo a funcionar ?

enfim .

 

hoje , deu-me para isto .

a verdade é que não tenho passado momentos fáceis . no entanto , é nestes momentos que descubro tudo sobre esta forma de amor . quem me tem sempre apoiado sabe perfeitamente que me estou a referir a eles , e compreende este texto melhor do que qualquer outro .

o hábito , nestes dias , é chegar a casa , sentar-me nesta cadeira do escritório , abrir os livros , deitar-me sobre eles e chorar .

bâ , sempre o mesmo dramatismo .

mas o meu telemóvel deve ter algum alarme que alerta muitas pessoas , e recebo milhões de sms [são poucas , mas valem por mais] , que me dão conforto , esperança , alegria e amparo .

o mesmo acontece com o msn , com o facebook , e mesmo com o blog [por falar nisso , obrigada , anafilipa . és muito].

 

assim , não me sinto sozinha . o ânimo reacende-se nos meus olhos , e as minhas mãos deliciam-se com o teclado do portátil , em tardes vazias como esta . escrevo o que me vai na alma , na ponta dos dedos , e , por vezes , até sai alguma coisa de jeito . não que seja o caso de hoje . isto não está a correr muito bem (:

 

sinceramente , essa é a menor das minhas preocupações . o que me dá razão para estar , para ser , é algo tão aparente como um simples grupo de pessoas , algo tão natural e espontâneo como os seus sorrisos e as suas palavras de carinho , do tipo 'estou aqui' , 'não te deixo' , 'estás segura comigo' , 'não chores' , ou até 'a vida são dois dias'.

realmente , eles têm razão . a vida são dois dias , e eu quero passá-los a sorrir , quero agarrá-los , quero senti-los , até aos confins do mundo , até às barreiras do existir .

 

e a amizade traz consigo um livrinho de páginas vasculadas [sim , páginas com veias , por exemplo , páginas do coração] , que me ensina a ser feliz , que me ajuda a cruzar mares e a caminhar sobre vidro .

a complexidade deste sentimento é tão linear como um fio de nylon . longo , colorido , entrançado , resistente .

a complexidade deste sentimento pode ser descrita em apenas uma palavra : eternidade .

acredito piamente nele , acredito nos seus maravilhosos efeitos , acredito na sua veracidade , na sua inocência , na sua simplicidade e na sua fácil apreensão .

 

para aqueles que querem decifrar o código da amizade , um conselho : não vão pela parte mais complicada . a resposta surgirá com o tempo  .

e , para todos os maravilhosos , competentes e simpáticos professores de filosofia , fica aqui a deixa : 

 

PAREM DE TENTAR EXPLICAR-ME O SENTIDO DA VIDA . DESISTAM DE TEORIAS DO CONHECIMENTO . ABANDONEM DESCARTES , HUME , KANT .

eu já descobri o meu sentido . isso basta-me . não tentem ensinar-me algo que já sei de cor , não tentem modificar e complicar o que é tão claro como a água .

 

 

sim , existimos .

sim , vivemos .

sim , somos auto-suficientes .

não , não conseguimos viver sem os outros .

 

 

publicado por mariannecosta às 17:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Março de 2011

acabou .

estou mesmo sem inspiração . não tenho tintas , nem pincel , nem tela .

só tenho a tua cara na mente , e , sinceramente , apetece-me partir-te a boca .

tu sabes , as tuas tretas funcionaram . e sabes tão bem como eu que isto acabou .

 

encontrei a cura para a [minha] sida .

 

 



ilove you more than i did before .

nothing's changed , no one can take your place .

it gets harder everyday .

i'm torn apart inside .



 

publicado por mariannecosta às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.get to me ♥

.pesquisar

 

.Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts fresquinhos ♥

. acordar.

. eu queria brincar com bon...

. eu não quero voltar.

. último dia.

. mariana .

. oxigénio, sff .

. a história .

. vénia sem obrigado.

. oração .

. life never ends !

.secret files ♥

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds